Escritores que não leem

Outro assunto polêmico. Aliás, estou até com medo que alguém tire meu blog do ar, pois ultimamente tenho escrito muitas coisas polêmicas aqui (e aqui também). Mas enfrentarei o risco, porque "num guento" as coisas que acontecem comigo. Preciso falar. Como sou professora de redação, frequentemente um escritor (a) iniciante envia seus textos originais para … Continue lendo Escritores que não leem

Pessoas Sensíveis

NÃO CONFUNDA SENSIBILIDADE com fraqueza. Pessoas sensíveis são fortes. Por transitarem na vida por trás da vida e atravessarem os tempestuosos oceanos existenciais, suas almas são fortalezas revestidas de resiliência e perseverança. Criaturas sensíveis também são profundas e intensas. Não confunda INTENSIDADE com desequilíbrio. Elas são sóbrias no falar, no agir, no tocar. Autoavaliam-se para … Continue lendo Pessoas Sensíveis

Intelectuais Instantâneos

VIVEMOS EM UMA GERAÇÃO de intelectuais instantâneos — de mentes mal alimentadas — de neurônios sedentários. Para discutirem suas ideias nas redes sociais, as pessoas correm para os fast-foods do saber na internet. Com um clique, elas leem rapidamente meia-dúzia de argumentos rasos em sites rasos e saem por aí vociferando suas opiniões. Reproduzem as … Continue lendo Intelectuais Instantâneos

Curte Música Clássica ou Instrumental? Então, vem cá!

Você já deve saber que a música clássica e instrumental fazem um bem enorme para a saúde. Então, não preciso dizer que cientistas da Finlândia descobriram que ouvir frequentemente música clássica ativa genes responsáveis pela aprendizagem e memória. Também não vou falar que um estudo da Universidade de Stanford comprovou que a música instrumental ajuda … Continue lendo Curte Música Clássica ou Instrumental? Então, vem cá!

Eça de Queirós para os nossos dias

Não me olhem com essa cara. 🙈 Tenho uma justificativa para a ausência no blog: trabalho.  Mas não esqueci vocês, amigos blogueiros e leitores. Por isso, compartilho aqui um videozinho simples no qual falo um pouquinho sobre Eça de Queirós e o livro clássico "A Cidade e as Serras".  (Quando tenho um tempinho livre, dou um … Continue lendo Eça de Queirós para os nossos dias

Amigos virtuais: como não se decepcionar?

Uma curtida. Um comentário. Uma conversa. E surgem as afinidades. Riem juntos. Descobrem-se.  Enviam mais mensagens. Começam os desabafos. Afloram as lágrimas. Emocionam-se.  Apoiam-se. É tudo tão recíproco! Tão real!  Eles (as) estão tão longe,  mas, ao mesmo tempo, tão perto — à palma da mão.  De repente,  quando menos esperam —, o laço da … Continue lendo Amigos virtuais: como não se decepcionar?